dha autobronzeadores

Como funcionam os autobronzeadores? Entenda o DHA

The estimated reading time for this post is 117 seconds

“Autobronzeador é tinta?”, talvez você se pergunte. A resposta rápida é: não. Mas para explicar como é possível bronzear a pele sem tingi-la, recorremos à ciência.

Você já ouviu falar em um componente chamado dihidroxiacetona (DHA)? Trata-se de um agente autobronzeador bastante recomendado pelos profissionais de saúde, porque bronzeia a pele naturalmente sem causar danos.

No artigo Loções autobronzeadoras: elas são uma maneira saudável de conseguir um bronzeado? (tradução livre), publicado pelo American Journal of Clinical Dermatology, o pesquisador estadunidense Zoe D. Draelos esclarece que o DHA presente nas formulações de autobronzeadores cria uma coloração temporária na pele.

“O DHA é um açúcar de 3 carbonos que interage com o estrato córneo rico em proteínas, produzindo melanoidinas, que são cromóforos marrons”, explica o pesquisador, pontuando uma das vantagens do componente: “Concentrações mais baixas de DHA resultam em peles de coloração mais claras, enquanto concentrações mais altas produzem peles de coloração mais escuras. O resultado é similar ao de um bronzeado para pessoas de todos os tipos de pele.”

Outro destaque mencionado no artigo é o uso saudável do DHA – e, portanto, dos autobronzeadores. “Os cremes autobronzeadores são um método seguro para simular a aparência do bronzeado”, afirma Draelos.

Também é importante citar que o autobronzeamento com cosméticos reduz os riscos de desenvolvimento do câncer de pele, já que promove o chamado “bronzeado sem sol”. Ao introduzir um autobronzeador na rotina, é possível substituir a exposição excessiva aos raios solares – um dos principais fatores de risco do melanoma – e manter a pele dourada.

No entanto, atenção: os autobronzeadores são substituem o protetor solar. Não deixe de usá-lo.

Autobronzeadores Skelt

Os autobronzeadores da Skelt têm DHA na formulação. Gabriel Beleze, fundador da marca, analisa o uso do componente nos produtos: “Ao longo dos anos, o processo de produção do DHA, que vem da Europa, avançou muito. Hoje é possível alcançar um bronzeado bastante natural, sem cheiro ruim ou efeito laranja.”

Para o empresário, o sucesso da Skelt, que faz os autobronzeadores mais vendidos do Brasil, está na tecnologia e no cuidado por trás de cada fórmula. “Para garantir bons resultados, selecionamos cuidadosamente todos os ingredientes e sua associação”, garante.

LEIA TAMBÉM

skelt tips | dicas em vídeos

Deixe um comentário