manchas pelo corpo

Manchas pelo corpo: são um sinal de preocupação?

Não é incomum observar e perceber novas manchas pelo corpo. Normalmente, não sabemos de onde elas vêm e desde quando estão lá, mas elas podem nos gerar muita preocupação, especialmente se surgem de uma vez. Então, será que é preciso ficar alerta?

Como é de se imaginar, a resposta é bem mais complicada. Por isso, o blog da Skelt preparou um conteúdo completo para sanar todas as suas dúvidas em relação às manchas na pele. É só continuar a leitura!

Quais são as possíveis causas das manchas?

As manchas na pele têm vários tipos e surgem por diversos motivos, por isso nem sempre significam um malefício. Normalmente, elas se classificam em dois tipos: hiperpigmentações e hipopigmentações.

As hiperpigmentações ocorrem quando a pele fica mais escurecida no local da mancha, normalmente causada pelo aumento da produção de melanina. Elas se caracterizam pelas cores mais castanhas, mas, por vezes, podem ter um tom mais avermelhado, dependendo da causa de origem.

Já nas hipopigmentações, existe o efeito contrário: a mancha se destaca por ser mais clara que o restante da pele. Esse clareamento é gradativo e pode chegar à falta completa de melanina em certas partes do corpo. 

De qualquer maneira, não é possível identificar se as manchas pelo corpo são benignas ou malignas antes de um diagnóstico médico. Algumas doenças e outras complicações são mais fáceis de detectar, mas a única maneira de se certificar é através de um exame especializado.

Melasma

Uma das doenças que causam manchas pelo corpo é o melasma na pele. É caracterizada pela hiperpigmentação de certas partes do corpo, especialmente no rosto, e agravada pela exposição solar contínua sem a devida proteção.

Alergia

Um dos sintomas mais conhecidos das alergias são as manchas vermelhas pelo corpo. Esse tipo de manifestação é chamada de urticária e costuma gerar muita coceira, chegando a ser um risco à saúde por si só, pois o atrito constante na área pode criar feridas.

Lentigo solar

O lentigo solar é comumente conhecido como “mancha de velhice”. É aquele tipo que aparece conforme os anos vão passando, em especial nas áreas mais expostas ao sol, como mãos, braços, ombros, colo e rosto.

manchas pelo corpo

Vitiligo

O vitiligo é uma doença não transmissível, caracterizada por criar áreas de hipopigmentação. A causa não é certa, mas acredita-se que as manchas se manifestam quando há algum episódio de valor emocional profundo para a pessoa afetada.

Acne

A própria acne pode ser uma das causas do aparecimento de manchas na pele. Por isso, é muito importante fazer o tratamento correto contra a doença, considerando o grau em que ela está e a pele que está recebendo os produtos medicamentosos.

Como se livrar das manchas 

Por conta das diversas causas possíveis, muitas pessoas se preocupam com o tratamento ideal e como tirar as manchas da pele do corpo. O primeiro passo é sempre procurar ajuda especializada. Assim, o diagnóstico, se houver, é mais certeiro e o tratamento, mais eficaz. 

No entanto, existem formas como tirar manchas da pele em conjunto com os tratamentos medicamentosos. Utilizando cosméticos uniformizadores, com niacinamida e ácido tranexâmico, por exemplo, você pode ter resultados positivos contra a hiperpigmentação.

Além desses, peelings e tratamentos à luz pulsada também são opções recentes para se livrar das manchas pelo corpo. Contudo, eles devem ser sempre aprovados e acompanhados por um médico dermatologista.

Um passo que não vai faltar em nenhum tratamento ou cuidado, especialmente quando se trata de manchas, é a proteção solar. O sol é um dos principais agravantes de quadros de hiperpigmentação e pode ocasionar várias doenças, como o câncer de pele.

Por isso, nunca deixe de lado um protetor solar poderoso, tanto para o corpo quanto para o rosto. Além disso, evite a exposição contínua ao sol e reaplique o produto regularmente, especialmente se houver contato com suor ou água.

Quando se preocupar com as manchas pelo corpo?

As visitas ao dermatologista devem ser regulares, pois existem manchas pelo corpo que podem ser sinal de alguma doença, enquanto outras podem ser benignas. Por isso, exames constantes com um profissional asseguram a saúde e um tratamento precoce, se for necessário.

Além disso, existem formas de identificar alguns indícios de doenças mais graves, como o autoexame ABCDE nas pintas:

  • assimetria: se os dois lados da pinta são diferentes;
  • borda: se a pinta não apresenta uma borda definida;
  • cor: se a pinta apresenta mais de uma cor ou mudou de cor;
  • diâmetro: se a pinta tem um tamanho exagerado ou aumentou;
  • evolução: se a pinta aumentou, escureceu, etc. 

Esse tipo de teste ajuda, mas é fundamental nunca realizar o autodiagnóstico. Se você estiver em dúvida sobre a saúde da sua pele, agende o quanto antes uma visita ao dermatologista.

Continue acompanhando a Skelt!

Aqui na Skelt, temos diversos produtos para você evitar a exposição ao sol e correr menos riscos de desenvolver manchas, como os autobronzeadores. Por isso, não deixe de conferir nosso catálogo e aproveitar nossas opções!

LEIA TAMBÉM

skelt tips | dicas em vídeos

Deixe um comentário