mulher de pele mista olhando para a câmera.

Pele mista: quais são os cuidados para mantê-la sempre saudável

The estimated reading time for this post is 251 seconds

Ao analisar a pele, sempre procuramos sinais de secura ou oleosidade. No entanto, é mais comum do que imaginamos encontrar ambas as características na pele. A esse tipo cutâneo, damos o nome de pele mista.

Se você se identifica com essa dualidade, não se preocupe: segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, esse é o tipo de pele mais comum. Por isso, já foram desenvolvidas diversas maneiras de cuidar da pele mista sem danificar nenhuma parte da superfície cutânea. Acompanhe o assunto com a Skelt!

Como identificar a pele mista

Apesar de a pele ser o maior órgão do nosso corpo, quando falamos dos tipos cutâneos, damos foco especialmente à pele do rosto. Isso porque a ocorrência de variações na textura da pele costuma acontecer na região facial, enquanto a pele do corpo é geralmente mais uniforme.

Existem quatro classificações principais: seca, oleosa, mista e normal. Uma pele seca possui uma textura desidratada, podendo até descascar e rachar em alguns pontos nos casos extremos. Por outro lado, a pele oleosa tem produção de sebo exacerbada, sendo mais propensa a cravos e espinhas.

Enquanto isso, a pele mista apresenta as características de uma pele oleosa e seca ao mesmo tempo. Normalmente, a zona T (nariz e testa) tem grande produção de sebo, enquanto as extremidades do rosto são secas.

Por isso, o cuidado com ela pode ser um pouco confuso, já que precisa considerar todas as características presentes. Além disso, nem sempre há um equilíbrio: uma pessoa pode ter a pele mista a oleosa, enquanto outra tem uma parcela maior de partes mais secas.

Como cuidar de uma pele mista

Se cuidar de uma pele uniforme pode ser um desafio por si só, uma pele mista pode parecer mais complicada ainda. No entanto, o principal segredo dos cuidados com a pele mista está na hidratação, visto que esse é o fator que causa o “desequilíbrio”. Confira o passo a passo a seguir!

1. Limpeza

A base de qualquer rotina de skincare está na limpeza. Aqui, é muito importante escolher um produto que não mexa muito com a sua pele, evitando aqueles que sejam super-hidratantes ou removam toda a oleosidade. Como suas características cutâneas não são uniformes, isso pode danificar uma área da pele.

Dessa forma, prefira sabonetes, géis ou limpadores suaves, que apenas retiram as impurezas acumuladas. Também utilize água corrente em temperatura ambiente para retirar o excesso de produto do rosto e, se for necessário, repita o processo.

2. Hidratação

Esse é o momento mais importante de qualquer cuidado ou tratamento para pele mista, porque a hidratação vai cuidar especialmente das suas áreas mais oleosas e das áreas mais secas.

Para a zona T ou qualquer outra parte mais oleosa do seu rosto, conte com um hidratante leve. Dependendo do caso, você pode substituir o creme hidratante por um sérum com propriedades parecidas. Séruns são leves e absorvidos rapidamente pela pele, sem deixar resquícios.

Já para as partes mais secas da sua pele mista, use e abuse de hidratantes poderosos! Eles vão ajudar a regular a falta de hidratação dessas áreas do seu rosto. Caso você tenha qualquer dúvida em relação à sua pele ou aos produtos que devem ser usados, lembre-se de consultar um dermatologista!

3. Proteção

Por fim, a proteção solar sela todos os cuidados com a pele até agora. Escolha um produto com FPS e PPD, que vai proteger a sua pele tanto dos raios UVA quanto dos UVB. 

mulher de pele mista segurando o protetor solar com primeir da Skelt.

Novamente, escolha um produto com uma composição mais neutra, que ofereça cuidados que não vão influenciar exageradamente o comportamento da sua pele. Se for usar maquiagem, você pode contar com um protetor solar com primer, que já vai tirar uma preocupação da sua lista de skincare.

Cuidados corporais

Agora que já sabe o que é a pele mista e qual é o skincare ideal para ela, você pode estar se perguntando: o que faço se a minha pele do corpo é mista? É comum notar que áreas como as canelas são mais secas, enquanto outros locais, como as costas, costumam acumular oleosidade.

Nesse caso, é importante procurar um dermatologista para entender se o que está acontecendo é realmente uma irregularidade na produção de sebo. Acontece que, muitas vezes, algumas áreas podem parecer oleosas para nós, mas, na verdade, estão recebendo sebo de outros locais.

Se você costuma suar muito em algumas áreas, a sudorese pode ser o problema. Já se o seu cabelo é oleoso, a oleosidade dele pode ir para seus ombros. Existem diversas possibilidades, inclusive a presença de problemas de saúde que devem ser investigados por um profissional.

Garanta os melhores cuidados com a Skelt!

Aqui na Skelt, oferecemos os melhores produtos para você deixar sua pele sempre linda e radiante. Conte com as nossas linhas de autobronzeadores, maquiagens corporais e bodycare para estar deslumbrante a todos os momentos!

LEIA TAMBÉM

skelt tips | dicas em vídeos

Deixe um comentário