Pessoa deitada fazendo tratamento no rosto.

Celulite no queixo: é possível se livrar desse incômodo?

The estimated reading time for this post is 262 seconds

Muitas vezes, olhando no espelho, notamos novos traços que não percebíamos antes. Algo comum que costumamos ignorar até que passe a incomodar é a celulite no queixo, aquele aspecto de furinhos que aparecem na região abaixo da boca, especialmente quando ela está contraída.

Se você começou a notar o aparecimento desses acúmulos de gordura no queixo e deseja se livrar deles, não se preocupe! Existem maneiras de minimizar essa característica com facilidade. Descubra mais detalhes sobre isso a seguir!

O que é a celulite?

A celulite é um problema que afeta cerca de 95% das mulheres, mas poucas pessoas realmente sabem o que ela é e como ela surge. Chamada de lipodistrofia ginoide por profissionais da área da saúde, ela não é considerada uma doença, mas sim uma condição cutânea ligada à presença do hormônio estrogênio.

Outros fatores internos do organismo, como a prolactina, e fatores externos, como a dieta, também podem afetar o aparecimento ou não da celulite. A condição pode ser observada facilmente pela presença de pequenas “valas” ou “furinhos” na pele, causadas pelo acúmulo de gordura nas áreas mais altas.

Conforme o aparecimento dessas características, a celulite pode ser categorizada em quatro graus diferentes:

  • primeiro grau: só aparece quando a pele é contraída;
  • segundo grau: aparece mesmo com a pele relaxada;
  • terceiro grau: formação de nódulos mais protuberantes;
  • quarto grau: a pele fica rígida nos locais onde há celulite.

Por não ser uma condição que afeta negativamente quem a carrega, não existe nenhuma urgência, que não seja estética, ligada ao tratamento da celulite, a não ser que ela esteja relacionada a algum quadro clínico. Existe o mito de que a condição está ligada ao excesso de peso, mas pessoas de qualquer peso corporal podem desenvolvê-la.

Celulite X erisipela X lipodistrofia ginoide

É fundamental saber diferenciar alguns problemas de saúde que podem ser considerados graves da celulite, como é conhecida popularmente. Como mencionamos, referimo-nos à celulite como uma condição cutânea benigna. No entanto, existe uma doença denominada celulite que se assemelha à erisipela.

A doença celulite é uma infecção causada por bactérias que penetram a camada mais profunda da nossa pele. A erisipela acontece da mesma maneira, mas permanece na parte superficial da pele. Ambas causam lesões vermelhas, inchaço e dor na área afetada.

Queixo celulítico

Quando falamos da presença de celulite no queixo, ou queixo celulítico, estamos nos referindo à concepção popular da condição. Assim como costuma aparecer em regiões como coxas, nádegas e braços, a celulite pode aparecer em qualquer outra parte do corpo em que haja acúmulo de gordura.

No entanto, algumas regiões do corpo também podem sofrer com problemas parecidos com a celulite, especialmente conforme perdemos a elasticidade nessas áreas. Dessa maneira, a flacidez em certos locais pode fazer parecer que temos celulite no rosto ou em outras partes incomuns do corpo.

Pessoa com a mão no queixo.

Se você percebeu que, ao contrair a parte inferior do seu rosto, pequenos furinhos estão aparecendo, isso pode ser considerado um caso de queixo com celulite. Não é preciso se preocupar e, se a aparência causar algum incômodo, é possível fazer alguns tratamentos e mudanças de rotina para minimizar a característica.

Tratamentos contra o queixo celulítico

Existem três maneiras principais de evitar e/ou minimizar a celulite: manter uma dieta saudável, livre de açúcares e gorduras; utilizar produtos que disfarcem a presença das lesões; aplicar tratamentos cosméticos.

Contudo, é importante notar que a celulite nunca vai desaparecer eternamente. Todos os métodos que conhecemos atualmente agem a pequeno e médio prazo, mas devem ser mantidos rotineiramente (em regularidades diferentes) para continuar a controlar a condição.

Consumir alimentos saudáveis ajuda não só a minimizar a celulite no queixo que já existe, como também evita que novas surjam no futuro. Se quiser disfarçá-las ainda mais, você pode utilizar maquiagens e primers uniformizadores para isso.

Já se você prefere um tratamento para celulite com efeitos mais poderosos e duradouros, existe a opção dos métodos cosméticos. É muito comum utilizar técnicas de preenchimento e harmonização facial com botox e ácido hialurônico para isso.

Cuidados ao tratar celulite

Mesmo que já existam esses tratamentos e técnicas contra a celulite, é importante que, antes de fazer qualquer procedimento estético, você consulte um médico especialista. Ele pode identificar as possíveis causas da celulite, além de indicar o tratamento ideal para seu caso.

Lembre-se de que todo tratamento estético é um investimento de médio a longo prazo que precisa de acompanhamento especializado e manutenção. Por isso, se essa for a opção que você desejar, tenha isso em mente e preze pelo seu próprio cuidado!

Disfarce as celulites com produtos Skelt!

Aqui na Skelt, você tem produtos que podem ajudar a disfarçar celulites tanto do rosto quanto do corpo! Desde nosso protetor solar com primer até nosso iluminador corporal, com eles, você consegue minimizar essas marquinhas e arrasar aonde for. Aproveite!

LEIA TAMBÉM

skelt tips | dicas em vídeos

Deixe um comentário